Empresa

Vista aérea da IMCOPA. Clique para ampliar

Unidade Araucária

Localizada na cidade de Araucária - Paraná, a sede da IMCOPA conta com mais de 300 colaboradores, distribuídos em diversas áreas, para o esmagamento e fabricação de derivados de soja. Seu parque industrial é um dos mais completos do segmento, atuando desde a recepção, armazenagem e esmagamento da soja, até a produção da lecitina, produção e envase de óleo refinado e fabricação de farelo concentrado protéico (SPC) e álcool.

O setor de recepção e armazenagem tem capacidade para receber diariamente cerca de 3 mil toneladas de soja. Além dos testes de pureza genética, a IMCOPA controla os níveis de umidade, impureza e variação de grãos, entre outros, como parte de seu sistema de qualidade. A unidade Araucária possui uma capacidade de esmagamento de mais de 2,4 mil toneladas por dia. Utilizando o sistema de separação das cascas da soja, a planta industrial ainda garante a obtenção de um farelo especial, o farelo hipro, com alto teor de proteína - em torno de 48%.

A extração de óleo e farelo é feita por um processo quase totalmente automatizado, o que permite melhores índices de produção, rendimento e, principalmente, segurança. O óleo bruto de soja, produzido em Araucária, é utilizado na fabricação da lecitina de soja, e o farelo é armazenado para exportação. A área de refinaria da IMCOPA tem capacidade para processar mil toneladas de óleo degomado por dia, sendo uma das maiores plantas em capacidade instalada no Brasil.

IMCOPA conta também com uma estrutura de envase de óleo em garrafas PET, com uma capacidade de 300.000 caixas de 20 garrafas por mês. Sua marca ''LEVE'' é um dos únicos produtos certificados como não-transgênico do Brasil.

A produção de SPC (farelo concentrado protéico) é realizada em Araucária. A planta é resultado do investimento da IMCOPA em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, e é uma das únicas plantas industriais do mundo a produzir o SPC entre 60% e 70% de teor de proteína. Este farelo é totalmente exportado para criadores de peixes e suínos, de países como Noruega e Chile. A produção mensal de SPC com 60% de proteína é de 30 mil toneladas.

Durante o processo de concentração de proteína para a produção do farelo, é originado o melaço de soja, utilizado para a produção do etanol (álcool de soja) e também como combustível para geração de vapor.

A IMCOPA é responsável pela geração de grande parte da energia que utiliza. Por metade do reaproveitamento de subprodutos que servem como combustível para suas caldeiras, a empresa se coloca a caminho da auto-suficiência em combustíveis e energia.

Em sua usina de álcool de soja - também pioneira no mundo - localizada em Araucária, a IMCOPA produz até dez mil litros diários de Álcool Hidratado de Soja. Este produto possui as mesmas características físico-químicas do álcool obtido da cana-de-açúcar. A usina IMCOPA tem autorização da ANP (Agência Nacional de Petróleo) para produzir e comercializar álcool combustível para automóveis. Os primeiros carros a receber esse combustível foram os da própria frota da empresa.

Unidade Cambé

Adquirida pela IMCOPA no final de 2004 e localizada no município de Cambé - Paraná, a unidade está instalada em um terreno de 29 hectares e conta com mais de 55 mil metros quadrados de área construída.

Seus mais de 120 colaboradores - divididos em três turnos - garantem uma capacidade de esmagamento de 2,4 mil toneladas de soja por dia. A capacidade de recebimento da unidade gira em torno de 5,5 mil toneladas diárias e a de estocagem é de aproximadamente 120 mil toneladas. Toda soja recebida é classificada e passa pelo teste que assegura sua identidade não-GMO.

O processo produtivo permite a unidade fabricar dois tipos de farelos: o comum, com teor de proteína de 46% e o Hipro com 48% de proteína. A IMCOPA Cambé produz também óleo de soja, obtido na fase de extração. Este óleo pode passar por um processo chamado de degomagem - em que são retiradas as gomas, rica em fosfatídeos. A partir das gomas retiradas, é fabricada também a lecitina de soja, comercializada nos mercados interno e externo (processo similar ao realizado também em Araucária).

A partir do segundo trimestre de 2009, a IMCOPA Cambé contará com uma nova refinaria, com uma capacidade de refino de 500 toneladas por dia. Além desta, haverá também um novo envase de garrafas PET, com capacidade de 900.000 caixas de 20 garrafas mensalmente.

Tudo começou em uma reunião de família. Era 1967 e o fundador da empresa teve a idéia de adquirir uma fábrica de processamento de soja. A família já possuía um negócio em Ponta Grossa - Paraná desde 1964, a IMCOPA - Importação e Comércio Paraná - que importava e vendia peças de carburadores para a General Motors.

A mudança da empresa para o setor de soja foi um grande passo e trouxe, além da prosperidade, o desenvolvimento do plantio de grãos no Paraná. Para estimular o cultivo da soja na região, a IMCOPA passou a distribuir gratuitamente sementes aos produtores. A atitude, além de garantir a produção de sua matéria-prima, contribuiu significativamente para desenvolver o parque industrial de óleos que se formou na cidade de Ponta Grossa - Paraná.

Ainda em 1967, a empresa passaria a se chamar IMCOPA - Importação, Exportação e Indústria de Óleos Ltda. Nascia ali uma das indústrias de maior destaque e inovação em beneficiamento de soja no país.

Após passar por um período de dez anos de crescimento contínuo, a direção da empresa viu que era hora de ampliar suas estruturas. Em 1977, foi inaugurada uma unidade em Araucária - Paraná, que recebeu grandes investimentos em tecnologia, maquinário e infra-estrutura, aumentando de forma ampla sua capacidade de produção.

Em 2004, a IMCOPA também iniciou atividades em Cambé - Paraná. A unidade é responsável pela produção de farelo de soja comum, farelo Hipro, óleo e lecitina de soja, e conta com um dos mais modernos parques industriais do país. Além destas duas plantas principais, a IMCOPA também conta com filiais em outros municípios e estados brasileiros.

O que começou em 1967, com modestas 20 toneladas de soja processada por dia, em 2008 alcançou mais de 5,5 mil toneladas diárias - mais de 95% deste total, destinados à exportação. Hoje, a IMCOPA é referência em processamento de soja não-transgênica e sustentável e por comercializar produtos para importantes empresas dos mais variados países do mundo, entre eles: Inglaterra, Alemanha, Noruega, França, Itália, Suíça, Holanda, Áustria, Bélgica, China, Japão e Nova Zelândia. Sua unidade em Araucária é a maior fábrica de farelo de soja concentrado em larga escala do mundo e a única da América Latina.

A IMCOPA é uma empresa que busca agregar valor ao seu negócio. Para isto, atua em nichos diferenciados dentro do mercado de soja. O termo commodity significa mercadoria e é utilizado para designar produtos primários, comercializados em estado bruto (matérias-primas) ou com pequeno grau de beneficiamento. Estes produtos, em geral, não possuem diferencial entre fornecedores, são produzidos em grandes quantidades e comercializados "in natura".

No mundo das commodities - de preços iguais e produtos iguais - o que vale é a quantidade, pois os ganhos acontecem em escala. Sabendo disto, a IMCOPA concentrou sua atuação em ''nichos'', mercados especializados dentro das commodities, que permitem agregar valor aos seus produtos e serviços, e não menos importante, valor à empresa. Estes mercados incluem:

  • Produtos não-transgênicos (N-GMO):
    A IMCOPA hoje é uma das maiores fabricantes mundiais de produtos feitos a partir soja não-transgênica. Isto a permite negociar com países da Europa, além de nações como Austrália e Nova Zelândia, que têm resistência à compra de produtos transgênicos.
  • Produtos com certificação ambiental:
    Todos os produtos fabricados pela IMCOPA hoje têm certificação ambiental, provando que foram produzidos de acordo com uma das mais respeitadas certificações de procedência do mundo, o ProTerra.
  • Proteínas de soja:
    A IMCOPA fabrica o Farelo Concentrado Protéico (SPC ou "Soy Protein Concentrate"), um produto único no mundo, utilizado largamente na produção de alimento para peixes - em especial o salmão ? e também para suínos e frangos.
  • Lecitina:
    A IMCOPA tem hoje a maior participação no mercado mundial de lecitina não-transgênica, chegando a 40%. Este mercado é composto pelas maiores empresas alimentícias do mundo, das quais a IMCOPA é fornecedora.
  • Óleos especiais:
    Além do óleo não-transgênico e com certificação ambiental, a IMCOPA produz óleo bruto com baixa concentração de fósforo, para as indústrias européias de alimentos e de energia. A empresa fabrica ainda óleos com diferentes especificações de cor, para indústrias alimentícias da África do Sul e da Europa.
  • Farelos de soja especiais:
    Além do farelo não-transgênico e com certificação ambiental, a IMCOPA também atua em mercados específicos de farelo de soja, como o do farelo isento de salmonella e farelos de diferentes concentrações de proteína e de granulometria.
  • Serviços de distribuição:
    Por meio de seu escritório e instalações sediados na Holanda, a IMCOPA faz o armazenamento e a distribuição de seus produtos nos principais mercados do mundo, garantindo um estoque perene para entrega durante todos os meses do ano, mesmo na entressafra de soja.
  • Produtos Halal e Kosher:
    Todos os produtos da IMCOPA atendem aos requisitos das certificações Halal, para consumo islâmico, e Kosher, para consumo judaico.

Os sistemas certificados da IMCOPA seguem os protocolos dos seguintes programas:

Produção de Derivados de Soja Não-Transgênicos

Programa certificado pela CERT-ID, que assegura que a IMCOPA está dentro dos mais exigentes padrões de garantia contra a contaminação por material geneticamente modificado, e que monitora toda a cadeia, ou seja, da produção da matéria-prima no campo até a entrega do produto final ao cliente.

Produção Responsável de Soja

Programa ProTerra certificado pela CERT-ID, seguindo os critérios socioambientais da Reunião da Basiléia, na Suíça.

Gestão da Qualidade, Boas Práticas de Fabricação & Segurança Alimentar Humana

Processos certificados pela BRTÜV segundo as normas ISO 9001:2000 e HACCP.

Segurança Alimentar Animal

Programa certificado pela BRTÜV, sob os requisitos da norma GMPB2 do organismo holandês PDV.

Produção em Obediência às Leis Judaicas

Certificação Kosher.

Produção em Obediência às Leis Islâmicas

Certificação Halal.

A IMCOPA tem como principal matéria-prima a soja, que dá origem a produtos como farelo comum, farelo concentrado protéico, óleo de soja e lecitina de soja, todos processados com grãos comprovadamente não-transgênicos e produzidos de forma sustentável.

A origem da soja

A soja surgiu na China há cerca de cinco mil anos. Por séculos, os chineses - e outros povos orientais, como japoneses e coreanos - têm feito seu uso na alimentação, como uma das principais fontes de proteína.

Posteriormente, a produção de soja encontrou terras mais férteis nas Américas, e hoje a grande maioria é cultivada nos Estados Unidos, Brasil e Argentina, que juntos produzem cerca de 85% da soja do mundo.

Atualmente, o mundo ocidental também vem reconhecendo a soja como um alimento funcional, que pode colaborar na melhoria da saúde e na qualidade de vida.

Alguns dos benefícios do uso da soja na alimentação humana são: diminuição e controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos, redução da pressão sanguínea e das doenças cardiovasculares, e prevenção de vários tipos de câncer, osteoporose e mal de Alzheimer. Vários destes benefícios são conseqüências da concentração de isoflavonas no grão de soja - compostos bioativos que possuem funções terapêuticas. (Fonte: Embrapa).

A soja é rica em vitaminas do complexo A, B, C e E, e em minerais, como cálcio, fósforo, ferro e potássio. Também possui alto teor de fibras, que são fundamentais para o bom funcionamento intestinal.

Características alimentares da soja - usos da soja na alimentação humana e animal

Os principais produtos derivados da soja, utilizados na alimentação humana, são: o óleo de soja refinado, a farinha desengordurada de soja, a carne de soja, o leite de soja, o tofu (queijo de soja), a lecitina de soja (utilizada na fabricação de chocolates e biscoitos) e o shoyu.

Os derivados da soja também são amplamente utilizados para a alimentação animal, principalmente como fonte de fibras e proteínas. Sua principal aplicação é na produção de rações para avicultura, suinocultura, bovinocultura, caprinocultura, ovinocultura e aqüicultura. Neste último, destacam-se os peixes (como o salmão) e camarões, que recebem o farelo concentrado de soja (SPC) produzido pela IMCOPA.

Outros produtos IMCOPA que fazem parte da alimentação animal são: a soja in natura, a casca de soja, o óleo de soja, a lecitina de soja e o farelo de soja (com variados teores de proteína - 44%, 46% e 48%).

Outras aplicações

Derivados da soja são também utilizados como combustível e fonte de energia para a indústria. Neste aspecto, destacam-se produtos como a casca, o óleo, o álcool e o melaço de soja.

A IMCOPA é pioneira em todo o mundo na produção de álcool de soja em escala industrial. A planta de Araucária - Paraná tem capacidade produtiva de 10 mil litros diários de Álcool Etílico Hidratado Combustível. A empresa possui autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para comercializar o combustível produzido.

O óleo de soja, por sua vez, pode ser utilizado como combustível para veículos de ciclo diesel - misturando-se o óleo de soja e o óleo diesel em teores que variam de 5 até 50%. Este processo está cada vez mais presente em localidades afastadas das refinarias de petróleo, onde o custo do óleo diesel é alto. Outra fonte de energia é o biodiesel, que pode ser produzido a partir da mistura de óleo de soja com álcool, em uma reação química denominada de transesterificação. O biodiesel substitui em parte ou totalmente o óleo diesel e pode ser misturado em diversas proporções. Este biocombustível será obrigatoriamente adicionado ao óleo diesel utilizado em veículos, na quantidade de 2%, a partir de 2008 e deve passar para 5% em 2013. A grande vantagem do biodiesel é que, como o etanol, ele provem de uma fonte renovável, e sua queima não resulta no aumento nas emissões de CO2 na atmosfera.

A casca e o melaço de soja também podem ser utilizados como combustíveis para a geração de vapor e energia, como é o caso do trabalho feito na IMCOPA. Em 2007, a Imcopa foi pioneira mundialmente em desenvolver tecnologia em suas caldeiras, que aceitam estes dois derivados da soja como combustível. Além da energia térmica, na forma de vapor, este impulsiona uma turbina, permitindo que a empresa faça a co-geração da energia elétrica que utiliza, diminuindo substancialmente a dependência da rede elétrica pública e desempenhando um papel importante dentro da política de desenvolvimento sustentável. Com a utilização da casca e do melaço de soja como combustíveis, a IMCOPA utiliza fontes renováveis de energia e ainda aproveita os subprodutos de seu processo produtivo.

Os alimentos não-transgênicos (não-GMO)

Alimentos não-transgênicos são aqueles que não passam por modificações genéticas - ou seja, não recebem a adição artificial de genes de outros seres vivos em sua constituição.

Muitos países não aceitam alimentos modificados geneticamente por entender que não há segurança comprovada para os consumidores e para o meio ambiente.

Desde 1998, a IMCOPA se dedica ao processamento de soja não-transgênica - non GMO, em inglês - por considerar este um importante nicho dentro do mercado de commodities, que permite oferecer produtos diferenciados e fortalecer seu negócio. O controle que a empresa faz começa no plantio e na escolha das sementes por seus fornecedores, e vai até a verificação de todo caminhão ou vagão carregado com grãos que entra em suas unidades.

Entre os principais benefícios dessa política está a conquista de nichos específicos de mercado - com destaque para Europa e Ásia - que exigem produtos livres de organismos geneticamente modificados. A IMCOPA foi a primeira empresa no mundo a obter o certificado CERT-ID de garantia non-GMO e hoje é líder mundial na produção de derivados de soja não-transgênicos, com 40% do mercado mundial de lecitina.

O mercado non-GMO foi um dos motores do crescimento da IMCOPA nos últimos 10 anos. Este passo permitiu à empresa desenvolver novos nichos e produtos pioneiros, e mudar a sua forma de vendas, passando de uma trading de commodities - isto é, da venda de produtos simples para multinacionais de distribuição - para um modelo de negócio onde se vende o produto diretamente ao cliente final, contando com terminais segregados, navios exclusivos e um centro de distribuição na Europa. Isto tornou a IMCOPA um nome conhecido na alimentação animal e humana, e um líder mundial em produtos de soja não-transgênicos.

Sede Araucária

Av. das Araucárias, 5899
CEP 83.707-000 - Araucária - Paraná - Brasil
Mapa

Escritório IMCOPA Food Ingredients BV Holanda

Bruistensingel 132 - 5232 AC´s - Hertogenbosch

The Netherlands.

(00) 3173-6408690

Mapa

Filial Cambé

Rodovia Celso Garcia, Km 85, s/n - Sala 2 - Bairro Parque Residencial
CEP 86.185-520 - Cambé - Paraná - Brasil
Mapa

Filial Cascavel

Rodovia BR 277, km 576 - Sala 1 - Bairro Cascavel Velho
CEP 85818-560 - Cascavel - Paraná - Brasil
Mapa

Filial Paranaguá

Rua Conselheiro Corrêa, nº. 51 - Bairro 29 de Julho
CEP 83.203-780, - Paranaguá - Paraná - Brasil
Mapa

Filial Sorriso

Rodovia BR 163, km 698 - Zona Rural
CEP 78.890-000, - Sorriso - Mato Grosso - Brasil
Mapa

Filial São Francisco

Rua Quintino Bocaiúva, nº 67, Sala C - Centro
CEP 89.240-000, - São Francisco do Sul - Santa Catarina - Brasil
Mapa

IMCOPA INTERNATIONAL S/A

Pza Independencia, 811
111000 - Montevideo - Uruguay
(+598) 2902-1515

Mapa

IMCOPA IMP. EXP. IND. DE OLEOS S/A

Araucária (Unidade Fabril)
Av. das Araucárias, 5899 - Barigui
83707-642 - Araucária - PR

(41) 2141-8000

Mapa

Filial Sorriso

Cambé (Unidade Fabril)
Rod. Celso Garcia Cid, KM 85, SN
86185-520 - Cambé - PR
(43) 3249-1900

Mapa

Nova Mutum (Unidade Armazenadora)
Rod. BR 163, KM 593 - Distr. Industrial Sul
78450-000 - Nova Mutum - MT
(65) 3308-4508

Mapa

Diamantino (Unidade Armazenadora)
Rod. MT10, KM 09 - Zona Rural
78400-000 - Diamantino - MT
(65) 3308-2319

Mapa

Campo Novo dos Parecis (Unidade Armazenadora)
Av. Olacir Francisco de Moraes, 1741 W - Industrial
78360-000 - Campo Novo dos Parecis - MT
(65) 3382-2323

Mapa

Sorriso (Unidade Armazenadora)
Rod. BR 163, KM 698 - Zona Rural
78890-000 - Sorriso - MT
(65) 3549-3903

Mapa

Cascavel (Unidade Armazenadora)
Rod. BR 277 - KM 576
85818-560 - Cascavel - PR
(45) 3225-6364

Mapa

Rondonópolis ( Armazém Carolina AG )
Rod. BR 163 - KM 67 - Fazenda Santa Maria
78795 -000 - Pedra Preta - MT
(66) 2103-7703

Mapa

Lapa (Armazém Cervejaria Petrópolis)
Rod. BR 476 - KM 191,7 - Colônia Virmound
83750-000 - Lapa - PR
(41) 3622-0877

Mapa

Paranaguá (Escritório)
Av. Governador Manoel Ribas, s/n
Dom Pedro II - sala 03
83221-560 - Paranaguá - PR
(41) 3424-1799

Mapa